Turismo

Disney para todos

Mundo mágico em Orlando encanta crianças, mas adultos também se divertem
Terezinha Moreira
195 - 21/04/2017

Jimmy DeFlippoAo criar o Walt Disney World, na Flórida, Walt Disney, com certeza, queria ver as pessoas felizes, encantadas. Mas, certamente, não tinha a dimensão de que aquela bolha se transformaria em um mundo mágico e unânime, capaz de seduzir da mais inocente e deslumbrada criança ao adulto mais ranzinza, que até tenta resistir aos apelos de tantas opções de diversão, aventura e recordações. Sim. Visitar a Disney, para quem está na faixa dos 40 ou 50 anos, é voltar à infância ou adolescência, por meio dos inesquecíveis personagens. Fazer fotos com Mickey Mouse, Minnie, Pato Donald, Pateta, Branca de Neve, Bela Adormecida, Cinderela, Ursinho Pooh e sua turma é um privilégio para quem cresceu lendo e vendo esses personagens na TV ou no cinema. Impossível não se emocionar, não voltar aos velhos tempos de pura inocência e libertar, sem nenhuma culpa ou constrangimento, a criança que está ali, quieta, adormecida em seu ser.

Nostalgia à parte, é preciso reconhecer que a Disney World conseguiu, de forma extremamente brilhante e eficiente, unir seus tradicionais e inesquecíveis personagens (cada geração tem seus preferidos) à tecnologia, com a criação de brinquedos para agradar a todos. E consegue. Não se veem pessoas tristes em nenhum dos parques. Cansadas, sim, porque é impossível não entregar os pontos no fim do dia ou à noite, para quem prefere esticar a estada na bolha Disney para assistir aos novíssimos Rivers of Light, show noturno que estreou em fevereiro no Animal Kingdom; e o Happily Ever After, que estreia em maio, no Magic Kingdom, em frente ao castelo da Cinderela; ou o IllumiNations, na lagoa do Epcot; e jogos de fogos e luzes do Fantasmic!, no Disney’s Hollywood Studios. Se o dia foi pequeno para aproveitar todas as possibilidades dos parques e você está hospedado em um hotel dentro do complexo, que tal aproveitar suas Extra Magic Hours? Fique atento à programação de cada parque, que é informada no próprio hotel.

Como forma de facilitar a vida dos visitantes, a Disney implantou a Magic Band, uma pulseirinha realmente mágica que dá

Kent Phillipsacesso a seus hotéis, parques, às fotografias feitas com os personagens (pagando 200 dólares o pacote) e pode também creditar algumas despesas feitas no mundo Disney, além de ser usada para o acesso ao FastPass+. Aliás, o Disney FastPass+ é uma forma de agilizar suas visitas às atrações, com até 30 dias antes da visita ao parque. No caso de hospedagem em um hotel Disney, o agendamento pode ser feito com 60 dias de antecedência do check-in, para toda a estada. Ao contrário do que muitos pensam, o FastPass+ é gratuito e, apesar disso, não muito utilizado pelos visitantes, que têm acesso mais rápido às atrações, um verdadeiro fura-fila sem fazer feio. Após finalizar a agenda, é possível marcar outras atrações, pelo My Disney Experience, aplicativo por meio do qual pode-se acessar todas as informações sobre o mundo Disney. Conexão não será problema, já que os parques disponibilizam wi-fi.


Além da segurança nas atrações, das mais leves às radicais, é também perceptível o respeito aos pais com crianças de colo e pessoas com dificuldade de locomoção, cadeirantes. É possível alugar carrinhos de bebê e cadeiras de roda motorizadas nos parques. E, já que você está no fantástico mundo Disney, pode aproveitar cada momento para se divertir, ligar seu “despreocupômetro” e se soltar, sem medo de ser feliz e ir ao The Crystal Palace tomar um delicioso e farto café da manhã em um ambiente alegre, descontraído e parar para fazer fotos com Pooh e seus amigos. Deixe a vergonha de lado e faça parte do trenzinho encabeçado pelos personagens. A diversão é garantida. O Crystal Palace fica no Magic Kingdom, parque onde acontece, às 15h, o desfile dos tradicionais personagens Disney.

Escolha seu lugar e prepare o celular ou a máquina fotográfica para não perder nenhum detalhe.

Enquanto espera o desfile, que tal fazer fotos com as princesas, com o Mickey, Pato Donald, dar volta em um trenzinho no castelo assombrado por 999 espíritos, andar no gigantesco carrossel (preparado para adultos também) ou tomar um sorvete de chocolate com a carinha do Mickey? Também prepare tempo para disputar um joguinho no Buzz LightYear’s Space Ranger, visitar o castelo da Cinderela e ter um pouquinho de aventura no Big Thunder Mountain Railroad, no Seven Dwarfs Mine Train (a montanha-russa dos setes anões) e na Splash Mountain, passear às escuras no Space Mountain, a simulação de um “rolé” pelo espaço. Vale também uma volta de barco no Jungle Cruise, visitar o Under The Sea, para apreciar os cenários e personagens da A pequena sereia, e dar uma voltinha para ver o Magic Kingdom do alto, nas orelhas do fofo elefante Dumbo. São tantas as atrações que é impossível aproveitar todas em um só dia. Se é este o seu tempo no parque, escolha as mais atraentes e acelere o passo para aproveitar ao máximo o local.

Um pouco mais tranquilo em termos de quantidade de atrações, mas cheio de aventuras, o Disney’s Hollywood Studios é um lugar para se viver grandes emoções, especialmente na Rock’n’Roller Coaster, a montanha-russa da banda Aerosmith, que atinge quase 100 quilômetros em menos de três segundos. Se não tem medo de altura, prepare-se para despencar do 13º andar, no elevador da The Twilight Zone Tower of Terror. A cada parada, uma sensação diferente e emoção garantida. Mas se a altura e a velocidade não fazem seu estilo e você é fã da saga Guerra nas Estrelas, o Star Tours: The Adventures Continue é ótima opção. A atração é um simulador em 4D pela galáxia de Darth Vader, mas parece muito real. A sensação é de que realmente está se passeando pelo espaço. Outra atração mais leve e divertida é a Toy Story Midway Mania. Aposte com o seu parceiro para saber quem será o vencedor do confronto dos jogos. Mesmo que não seja amante de carros, assista à apresentação dos dublês para conhecer um pouco dos truques utilizados nos filmes hollywoodianos. É de impressionar. Sinta-se em um set de filmagem assistindo às aventuras de Indiana Jones, com muitos efeitos especiais ao vivo. Para dar uma pausa na adrenalina, nada melhor do que uma peça de teatro. Imperdíveis os compactos de A bela e a fera e Frozen.

Divulgação

Comece a visita ao Animal Kingdon por um desjejum no Tusker House, com sabores da África e onde é possível receber em sua mesa visitas da velha guarda dos personagens Disney, como Pato Donald, Margarida (Daisy), Pateta e Mickey. Para começar o dia, vai bem uma aventura na montanha- russa do Expedition Everest. Ele pode ser seguido de um tranquilo passeio de trenzinho pelas cavernas onde estão vários dinossauros. Prepare-se para experimentar, literalmente, a temperatura da água do Animal Kingdom, na atração Kali River Rapids, passeio em uma espécie de boia gigante por um pequeno rio. Faça um safári. Se tiver sorte, verá vários animais e aves trajeto afora. Para saber como é ser um inseto, dê uma paradinha para assistir a atração It’s Tough to Be a Bug!, em 3D. Se gosta de água, uma visita aos parques aquáticos Typhoon Lagoon Blizzard Beach é necessária, com direito a corredeiras e até uma montanha-russa aquática, a Crush´n´Gusher. Mas, se quer relaxar, faça um passeio de jangada, aproveite o sol, curta a praia. Para compras, a nova Disney Springs, antiga Downtown Disney, passou por grande reforma e ganhou novos atrativos. Todos os produtos licenciados da marca são encontrados lá, onde também há vários restaurantes e lanchonetes, pois ninguém é de ferro e precisa repor as energias.

Reserve um tempo especial para passear no Epcot. Além de várias e emocionantes atrações, vale conhecer as representações dos 11 países e do continente africano para experimentar comidas típicas da Alemanha, França, Reino Unido, China, Japão, México, Noruega, Canadá, Marrocos, Itália e Estados Unidos e conhecer curiosidades, cultura e costumes destas nações, no World Showcase. Sinta-se nas nuvens no simulador de voo de asa-delta em 3D, o Soarin’ Around The World, que, reformado em 2016, percorre grandes monumentos do mundo todo. As imagens parecem tão reais que é possível sentir seus pés tocando a água ou as árvores sobrevoadas. Se é amante de carros e da velocidade, o Test Track tem de entrar em sua lista de atrações. Lá é possível criar seu carro e testá-lo na pista. No Mission: Space você escolhe se quer sentir a gravidade em seu simulador de passeio pelo planeta Marte. Esta é uma atração que deve ser feita, preferencialmente de estômago vazio, caso opte pela cor laranja, na qual há os efeitos da gravidade. Para relaxar, um passeio no The Seas with Nemo and Friends e também uma viagem à história da comunicação, dentro da icônica bola Spaceship Earth. Enfim, o que não faltam são atrações para todos os gostos e idades.

Kent Phillips

Antes de viajar, considere se hospedar em um dos hotéis Disney. Há várias opções: dos luxuosos aos coloridos, capazes de agradar à criançada. Uma das vantagens de é o transporte do aeroporto para os hotéis e vice-versa e também para os parques, e as Extra Magic Hours, para aproveitar um pouco mais os parques duas horas antes da abertura ou após o fechamento. Intensidade combina com a Disney que, inegavelmente, exerce um poder sobre seus visitantes. Impossível ser diferente. Toda a estrutura que o complexo oferece, com total segurança e altíssimo uso de tecnologia, aliados às histórias que todo mundo tem com os personagens criados pela Disney ao longo de sua história, só poderia resultar em fascínio e encantamento. É por isso que a Disney merece e precisa ser visitada pelo menos uma vez na vida.




Comentários