Coluna

Coluna do PCO

Paulo Cesar de Oliveira
197 - 19/05/2017

Gilberto SilvaReeleição no Atlético

O atual presidente do Atlético, Daniel Nepomuceno, vai disputar a reeleição e as suas chances são absolutas para um segundo mandato. Além da boa administração, inclusive com as finanças do clube, o bom desempenho do time é fator que vai levar Nepomuceno à reeleição.

 

Tião MourãoMaster Turismo no show do U2

A Master Turismo terá camarote nos dois shows do U2 no estádio do Morumbi, em São Paulo. As apresentações, nos dias 19 e 22 de outubro, celebram o 30º aniversário do lançamento do álbum The Joshua Tree. Ao todo, serão 800 m², com localização privilegiada, open bar e food, Dj e banda, que vai tocar antes e após o show. “O camarote Master é uma oportunidade para as empresas levarem seus clientes, parceiros e/ou funcionários numa experiência diferenciada e especial”, destaca Fernando Dias, presidente do Grupo Master.

 

Renato Araújo/ABrFernando Henrique está gagá

A recente declaração do ex-presidente Fernando Henrique de que o apresentador Luciano Huck seria um nome na política não repercutiu bem, saindo alguns comentários de que estaria gagá. Piorou quando quis confundir a opinião pública falando de Huck como novo, ao lado do prefeito de SP, João Doria Jr., que está se tornando o grande nome para 2018. Para quem não se lembra, FHC foi contrário à candidatura de João Doria, pois defendia a candidatura de Andrea Matarazzo, que acabou saindo do PSDB. E João ganhou no primeiro turno pela primeira vez na história.

Macron, mais novo da história
Agora Emmanuel Macron foi eleito presidente da França aos 39 anos de idade. Como tem uma mulher 24 anos mais velha que ele, pode ser que ela consiga estancar os desejos alucinados que o presidente Macron venha ter. Não seria surpresa se Macron quisesse atropelar o Congresso e pensasse em ter mais quatro anos.

Jovens que se deram mal
No Brasil tem dois presidentes que deram muito trabalho ao país pela idade com que assumiram a presidência. De um lado, o udenista Jânio Quadros, e do outro, um pessedista, o ex-governador de Alagoas Fernando Collor, que tinham pouco mais de 40 anos. Jânio queria poder absoluto e renunciou com seis meses achando que o Congresso não aceitasse a renúncia e fizesse ele voltar com todos os poderes. Collor achou que podia governar sem o Congresso e podia roubar à vontade; ganhou um golpe branco e renunciou para não ser cassado.

Cadê a militância?
Fora do governo, o número de militantes que acompanham o PT está minguando cada vez. Nem os encontros promovidos pelo partido para fortalecer a imagem do ex-presidente Lula têm atraído a militância. O depoimento de Lula em Curitiba foi uma prova disso. A CUT e o MST falaram em colocar 50 mil pessoas na cidade, mas pouco mais de 5 mil foram atraídas para a manifestação e todas ligadas aos movimentos sociais.

DivulgaçãoBia Doria expõe em Roma

A primeira dama de São Paulo, a artista Bia Doria, que busca na natureza a matéria-prima de seu trabalho, vai expor suas esculturas na Basílica Papal de São Paulo Fora da Muralha (Basilica Papale di San Paolo Fuori le Mura), em Roma. A mostra, sob a curadoria de Livia Bucci,  da Galeria Spazio Surreale, foi aberta no dia 15 de maio e segue em cartaz até 15 de junho.

Pedro Vilela/Agência i7Dilemas do setor sucroenergético

Reconduzido para mais um mandato à frente da Siamig, o empresário Mário Campos tem pela frente continuar com o processo de modernização e adequação do setor ao mercado brasileiro e internacional. Mário Campos entende que as empresas precisam estar preparadas para as mudanças globais, já que o setor possui uma agenda ampla, que precisa ser explorada. O mundo precisa do açúcar do Brasil, o país precisa do setor sucroenergético e o dilema é que o setor sucroenergético não tem recursos para aumentar a produção de cana.

Pedro Vilela/Agência i7Eleição na Fiemg

Desde que o nome do empresário Alberto Salum foi citado como nome provável defendido pelo presidente da Fiemg, Olavo Machado Jr., para sucedê-lo, o assunto começou a ganhar espaço entre os empresários mineiros. Salum foi presidente do Sindicato da Construção Pesada (Sicepot-MG) e é presidente dos conselhos de Meio Ambiente e Infraestrutura da Fiemg. Para Salum, quando se faz parte de um grupo, o importante é prestar um bom serviço e apoiar o presidente, e é isso que ele faz em relação a Olavo Machado. O importante é fazer com que a entidade seja forte.

Rafael PereiraCoral

Angela Gutierrez criou um coral com crianças de Ouro Preto, entre os programas de extensão cultural do Museu do Oratório. No dia 20 de maio, os jovens ouro-pretanos se apresentam no Museu de Sant’Ana, em Tiradentes, outra iniciativa marcante de Angela Gutierrez. Será no largo aberto ao lado do prédio da cadeia colonial da cidade, como parte integrante do conjunto arquitetônico criado pelo museu.

Licitação no BB
Segue a novela de apuração da denúncia de favorecimento, pelo BB, à Multi Solution no processo de licitação, que garantiria o seu acesso ao contrato de 500 milhões de reais por ano. Fala-se que a empresa favorita do BB recebeu notas maiores do que duas concorrentes que, segundo os próprios julgadores, apresentaram as mesmas falhas que ela nas propostas de negócio que fizeram ao gigante estatal. Parece que o presidente do BB vai ser colocado na frigideira.

Slogan para 2018
Lula segue repetindo Lula na sua costumeira estratégia de contradizer os fatos. Não cola mais. O político que mais angariou a simpatia do povão nos tempos modernos, após se meter em um cenário de falcatruas, agora dá-se ao luxo de não mais precisar de marqueteiros ao cunhar o slogan de sua próxima campanha eleitoral, e sem meias palavras vai estimulando seus fiéis seguidores a cantar: “Lula, ladrão, roubou meu coração”.

Livro de Simone
A psicoterapeuta Simone Demolinari lançou seu novo livro Verdade oculta – Vida íntima das emoções, pela editora Letramento, dia 18 de maio, no Pátio Savassi. Simone, que é mestra em anomalia comportamental, fala de assuntos inerentes à existência humana como paixão, ciúme, mentira, inveja, traição, consumismo e depressão.

Colaboração: Ana Cortez, Eliane Hardy, Flávio Penna e Sueli Cotta




Comentários