Perfil

Brilho eterno

Joalheira e empresária, Simony Esteves comemora 23 anos de sucesso no mercado
Redação VB
200 - 04/08/2017

/sÉ só falar de joias, que os olhos brilham, entregando a paixão. Aliás, a mineira Simony Esteves não faz a menor questão de disfarçar o amor enlouquecido que tem por anéis, brincos, colares, pulseiras... Não é a toa que comemora 23 anos de sucesso no mercado
joalheiro, atendendo clientes do Brasil todo, a partir do escritório em Belo Horizonte. “Joia, para mim, é uma arte. É tudo, a minha vida, o meu prazer. É o que gosto de fazer”, define.

Tudo começou em 1994, quando ela passou a vender acessórios em prata, como sacoleira. As próprias clientes a incentivaram a mexer também com ouro e, assim, ela procurou fornecedores para iniciar o negócio. Aos poucos, fez o nome e teve que abrir um escritório. “Eu não esperava essa demanda tão grande do mercado. Aconteceu. Nunca mais parei”, diz.

Hoje, Simony vende joias selecionadas, com certificado de garantia, e trabalha com uma equipe de designers para criar peças únicas, somente por encomenda. Também faz releitura de joias antigas, muitas vezes de família, com grande valor sentimental. Detalhe importante: 80% da clientela buscam dar nova cara às peças que já têm.

O segmento de noivas também é representativo. Na hora de criar, todo o contexto é levado em conta: o vestido, o penteado, o biotipo... Aliás, qualquer que seja o perfil do cliente, o atendimento é personalizado e exclusivo, feito pela própria Simony.

Atualmente, ela trabalha com a nova coleção, que traz pedras brasileiras. O design é mais limpo, exatamente para valorizar ao máximo esmeraldas, safiras, rubis e outras preciosidades. No metal, o ouro amarelo é a principal tendência, mas não faltam opções em ouro branco e ródio negro.

Para estar sempre antenada ao mercado, a empresária conta que visita feiras e congressos todo ano. “Normal-
mente, viajo para Hong Kong, Las Vegas e Nova Iorque. Tudo isso para trazer as tendências e novidades”, destaca Simony. Claro que ela não dispensa um belo modelo no dia a dia. “Além de vender, gosto de usar também. Todo dia, saio com alguma joia. Gosto de variar, mas tem uma peça que nunca tiro: o meu solitário”, entrega.




Comentários