Coluna

Coluna do PCO

Paulo Cesar de Oliveira
203 - 01/11/2017

Viver Brasil faz 9 anos
Tião Mourão

Nesta edição, a nossa Viver Brasil está completando seu 9º ano de circulação. Com um novo projeto gráfico do designer internacional Gustavo Greco, passamos a circular mensalmente com uma tiragem de 100 mil exemplares e o comando do empresário e jornalista Gustavo Cesar Oliveira. A Viver Brasil chegou em 7 de novembro de 2008, e a capa foi com o então prefeito Marcio Lacerda. A Viver chegou madura e hoje é sucesso editorial em todo o país. A VB Comunicação nasceu da vontade e esforço dos irmãos Paulo Cesar Alkimim de Oliveira e Gustavo Cesar de Oliveira, e seu lançamento foi num almoço, no dia 7 de novembro. Seis meses depois passei a integrar a equipe. Paulinho Cesar deixou a VB para montar seu próprio negócio, o Clube de Permuta associado a Leonardo Bortoletto.

Ciro Gomes fala de Aécio
“Aécio é um cadáver político, e o que se faz com um cadáver é sepultar. E aí não sei por que não se sepulta. O cara continua lá dando as cartas”. Enquanto isso, constatamos tristemente que nosso país ganhou mais uma classificação que nos envergonha: lidera um ranking de 29 países sobre a percepção da corrupção.

CONFIANÇA
24%: esse é o percentual da população que acredita no STF e no Judiciário. Dados coletados pelo ICJ Brasil - Índice de Confiança na Justiça, da FGV Direito SP, evidenciam queda na confiança em praticamente todas as instituições analisadas.

PENSANDO BEM
Está claro que “há algo de podre no reino da Dinamarca”, ou melhor dizendo: “há algo de podre no presidencialismo do Brasil”. Alguns parlamentares saíram de hospitais para irem votar e garantir um resultado beneficiando o governo. Antevejo a hora em que alguns vão sair de suas covas, para que não haja qualquer risco.

Povo frouxo
O brasileiro é o povo mais cordato do mundo. Com tudo que anda acontecendo não vejo esboçada, no horizonte, reação consistente que amedronte o mundo político. Ao deixar de representar o povo, os congressistas, em sua maioria, não mais escondem que defendem, apenas, seus interesses pessoais e financeiros. Aliás, as grandes manifestações que defenestraram Dilma se transformaram em apatia que dão sobrevida ao governo Temer, tão ou mais corrupto que o anterior.

Trabalho remoto
A nova legislação trabalhista, que entra em vigor a partir de novembro, deve impulsionar uma tendência que vem sendo observada no mercado de trabalho no país: o do trabalho remoto ou o home office. Pesquisas recentes indicam que 53% dos trabalhadores brasileiros realizam tarefas profissionais em casa.

Longe da política
Amigos do ainda senador Aécio Neves têm aconselhado a ele dar uma sumida da cena política, pois, no momento, sua situação é péssima. Muitos lembram que José Serra estava no Ministério das Relações Exteriores de Temer quando foi atingido pela Lava Jato, imediatamente saiu de cena e ninguém mais falou nele. Aécio tem que sumir, pois pode até se candidatar a deputado federal, mas tem que ser esquecido agora.

Desburocratização

Divulgação

As mudanças implementadas pelo prefeito de Betim, Vittorio Medioli, para atrair novas empresas estão surtindo efeito. A cidade é que mais emprega na Região Metropolitana de Belo Horizonte e tem ultrapassado a média das cidades da região Sudeste. A desburocratização é a receita de Medioli.

EM ALTA

Divulgação

O deputado federal Rodrigo Pacheco, ainda no PMDB, tem sido procurado para se candidatar ao governo de Minas no ano que vem. Pelo PMDB sabe-se que não será, e ele pode se filiar ao DEM. Pela sua postura, mesmo novo na política, acredita-se que é o único nome – hoje – para enfrentar o governador Fernando Pimentel _ as pesquisas apontam seu crescimento. 




Comentários