Mercado imobiliário

Desbravando o Sul da Bahia

Jaqueline da Mata
202 - 11/10/2017

divulgaçãoEm um empreendimento que proporciona uma experiência sensorial única, a Katz Construções e Incorporações lança, no fim do ano, o Alameda do Araripe-Haras Residence. São 16 terrenos exclusivos de 20 mil m² cada, uma verdadeira fazenda em meio ao litoral do Sul da Bahia, na mais nova queridinha do alto luxo do Brasil: a vila de Santo André. Com projeto arquitetônico da renomada arquiteta Eliane Pinheiro, a previsão de entrega é para dezembro de 2019.


O vilarejo de pescadores, localizado na união do rio João de Tiba, com 800 habitantes, foi o local escolhido pela Seleção Alemã para a construção do centro de treinamento na Copa de 2014. O encantamento dos estrangeiros foi o mesmo do engenheiro e presidente da construtora Daniel Katz, que apaixonou-se pelo local e, com visão empreendedora, já imaginou melhor aproveitamento da parte do Brasil onde os portugueses pisaram pela primeira vez. “A vila encanta, acolhe, convida ao relaxamento e ao descanso. Não tem como deixar de investir na região. Quando a gente se apaixona pelo local, descobrimos que é impossível viver distante”, empolga-se o empresário.


O terreno, que tem um total de 350 mil m², conta com 700 m de praia privativa e fica a 4 km do hotel Campo Bahia, que recebeu os jogadores alemães. Um verdadeiro “oásis da Bahia”, como tem sido carinhosamente chamada por turistas e empreendedores. A construtora responde por toda a infraestrutura do empreendimento. O local já conta com uma concierge, grande conhecedora da região (agora exclusiva da Katz para atender os clientes da construtora), que pode facilitar a estada de quem adquirir os terrenos, designando caseiros, cozinheiros, motoristas, compras, além de dar dicas das belezas dessa praia que está começando a ser conhecida não só pelos brasileiros como também pelos estrangeiros. Outra facilidade que a Katz oferece aos interessados nos terrenos são pacotes para quem quiser ficar uns dias na região ou até mesmo uma ida e volta no mesmo dia, neste caso no avião da construtora.


Os terrenos serão vendidos a partir de R$ 1,2 milhão. Em cada terreno, de 20 mil m², no projeto específico da Katz, podem ser construídas até três casas com donos diferentes: “Imagina você juntar três amigos? São cerca de R$ 400 mil para cada, para ter um lugar exclusivo. Hoje, o litoral do Brasil pertence a estrangeiros. São pontos muito adensados (Trancoso, Arraial d’Ajuda) onde os preços dos imóveis, à beira da praia, são quase que proibitivos, variando de R$ 3 a R$ 4 milhões. Nós estamos oferecendo um terreno de 20 mil m², com 40 m de praia a partir de R$ 1,2 milhão. É para poucos, mas um preço acessível dentro de um contexto de praia”, comenta Daniel.


E que praia! Nos arredores do vilarejo, a natureza continua preservada: no local se formou um aquário de rara beleza. Um dos mais belos e conhecidos é o recife dos Araripes, localizado a dez minutos de Santo André e pouco frequentado por turistas, um verdadeiro paraíso encantador e intimista. Característica essa que chamou atenção da Katz, que quer aproveitar toda esta privacidade com foco nos clientes que investem nesta exclusividade.
“Queremos marcar as cidades com empreendimentos que se integram à paisagem, respeitando o meio ambiente e os moradores do entorno. Nós nos preocupamos com o design dos nossos projetos e com a estética dos empreendimentos. Gostamos do belo e do harmonioso e deles somos parceiros e defensores”, comenta Daniel Katz.


A inspiração para o Alameda do Araripe veio de outro empreendimento, bem-sucedido, da Katz em BH: o condomínio Alameda das Águas, ao lado do Alphaville que também conta com terrenos de 20 mil m². Santo André pertence ao município de Santa Cruz de Cabrália (que abriga uma grande reserva indígena da tribo pataxó). São separadas apenas por uma travessia de dez minutos de balsa pelo rio João de Tiba. A cidade tem um pequeno e bastante pitoresco centro histórico em sua parte alta, onde a construção mais marcante é a igreja de Nossa Senhora da Conceição, erguida no século 18. Da parte alta, também se aprecia a melhor vista de Santa Cruz de Cabrália, com a zona portuária. 

Quarenta quilômetros ao norte de Santo André, está Belmonte, cidade de 24 mil habitantes onde a Katz também tem um empreendimento de alto padrão lançado no começo deste ano, um sucesso de vendas: dos 80 terrenos, restam apenas 15 para serem vendidos. E, de primeira mão, Daniel Katz deixa escapar que a construtora já está preparando o terceiro e quarto empreendimentos na região. “Chegamos para ficar”, avisa. A comercialização dos empreendimentos da Katz na região está a cargo da Anuar Donato.
A região é brindada com encontro do rio com o mar (o rio passa na porta do terreno). E para melhor aproveitamento, no projeto foram criadas pequenas pontes – sempre no estilo rústico para não contrastar com a natureza singela da região – por onde as pessoas podem atravessar essa paisagem espetacular.

A Construtora
Há 42 anos no mercado, a Katz tem um perfil jovem, arrojado e está sempre inovando, agregando à construção civil uma nova filosofia, ao aliar diferenciais como gestão de projetos e tecnologia para garantir o perfeito andamento das obras e, assim, o cumprimento de prazos. O mercado está cada vez mais dinâmico, e para atender com excelência este novo cenário, a construtora, como ressalta o presidente, está em constante modernização, aliando tecnologia, ousadia e criatividade nas construções para surpreender os clientes.
“Fazemos empreendimentos human friendly. Afinal, seremos nós os usuários. Acreditamos em projetos inteligentes, integrando cada vez mais as tecnologias em busca da maior interação no homem com seu entorno. Já estamos fazendo a diferença. E acreditamos que, aplicando os preceitos de nossa filosofia de trabalho, faremos muito mais”, destaca Daniel.




Comentários