Passeio Cultural

Passeio Cultural

Lucas Rocha
203 - 01/11/2017

Bruno MagalhãesDrama universal

Com 26 anos de história e prestes a estrear o vigésimo espetáculo, o grupo mineiro Armatrux chega a 2017 comemorando outro marco importante em sua trajetória: dez anos da parceria com o diretor e dramaturgo Eid Ribeiro. “Nosso namoro existe desde o início do Armatrux, mas só conseguimos concretizá-lo em 2005. Ele é uma referência no que faz, tem olhar muito minucioso para as coisas, trabalha muito bem o corpo e o texto, mas, principalmente, sempre teve a generosidade de olhar para o trabalho do grupo e entrar para fortalecer a linguagem e estética que já existia”, explica a atriz Tina Dias.
Juntos, eles estreiam Nightvodka, peça inspirada no livro Vozes de Tchernóbil, da escritora ucraniana Svetlana Aleksiévitch, reunindo parte dos relatos dos sobreviventes da tragédia nuclear para criar uma metáfora filosófica e existencial sobre a realidade de nossos tempos. “Estamos trabalhando no projeto há um ano, fazendo muita pesquisa, lendo livros, textos e quando encontramos o Vozes ficamos extremamente chocados com a beleza do texto”, explica Tina.
No palco, os quatro atores (Cristiano Araújo, Eduardo Machado, Raquel Pedras e Tina Dias) mostram o resultado da preparação que resultou em trazer as visões e sentimentos de várias pessoas para dentro de um só personagem. “São humanos comuns que, embora tenham uma tragédia específica em seu contexto, podem ser entendidos em caráter universal, até mesmo da realidade que vivemos, como quando houve o desastre ambiental em Mariana. É extremamente doloroso, visto de uma forma poética. Talvez seja um dos nossos trabalhos mais tristes”, conta Tina.
O cenário e a trilha sonora são espetáculos à parte. Com cunho mais espiritual e religioso, os atores cantam e tocam canções russas, enquanto a cenografia trabalha projeções de artistas soviéticos e a reconstrução de um ambiente decadente e em ruínas. Nightvodka fica em cartaz no Centro Cultural Banco do Brasil até 20 de novembro, sempre às 20h30 de quinta a segunda-feira. Ingressos: R$ 20 e R$ 10. Informações: (31) 3431-9400.

João Luis SoaresEncontro icônico

Os anos de convívio e parcerias musicais entre Paulinho da Viola e Marisa Monte renderam uma das turnês mais elogiadas e requisitadas do ano. Inicialmente prevista para terminar em junho, a dupla atende aos pedidos e traz de volta a BH Paulinho da Viola encontra Marisa Monte, em apresentação única em 11 de novembro, às 22h, no Km de Vantagens Hall, cantando clássicos da carreira dos dois artistas. Ingressos: de R$ 75 a R$ 1,2 mil (mesa). Informações: (31) 3209-8989.

Atriz em dúvida

Comemorando 30 anos de carreira, Débora Secco retorna aos palcos com o monólogo Uma noite dessas, onde encarna uma atriz que, após ser convidada para integrar o elenco de uma nova peça teatral, começa a pensar nos prós e contras do convite e acaba iniciando uma jornada de suposições, reflexões e construções do seu próprio “eu”. Em cartaz no Cine Theatro Brasil nos dias 18 e 19 de novembro, às 21h e 19h, respectivamente. Ingressos: R$ 80 e R$ 40. Informações: (31) 3201-5211.

Princesa sincerona

Sucesso absoluto como a personagem Terezinha do programa de humor Vai que cola, a atriz Cacau Protásio desembarca na capital para apresentar o espetáculo Deu a louca na Branca, encarnando a clássica princesa que conta ao público a “verdade” por trás da sua história – como, por exemplo, quando foi descoberta por Walt Disney, que a fez ser chamada de Branca ao invés de Sebastiana. No Teatro Bradesco, nos dias 17 e 18 de novembro, às 20h30. Ingressos: de R$ 25 a R$ 60. Informações: (31) 3516-1360.

Netflix
A busca por vingança pela morte de sua esposa e filhos coloca Frank Castle (Jon Bernthal), ou, melhor dizendo, O justiceiro, em uma jornada na qual descobre que há uma conspiração que vai além do submundo do crime de Nova Iorque. Nova aposta da Netflix, o personagem fez sua estreia dentro do enredo da segunda temporada de Demolidor.

Spotify
A mineira Aline Calixto lança seu mais recente álbum, Serpente, no Teatro Bradesco, às 20h, no dia 23 de novembro. O CD autoral e autobiográfico, já disponível nas plataformas digitais, leva o ouvinte a uma imersão no mundo da mulher emancipada e empoderada, refletindo o novo momento da vida da cantora, ainda mais madura e sempre talentosa.

Sétima Arte 
Após o bem-sucedido Mulher-Maravilha e o fracasso que foi Batman versus Superman, a
DC Comics aposta todas suas fichas em A liga da justiça, reunindo os três super-heróis, além de Flash, Aquaman e Cyborg, que se reúnem para salvar o planeta de um ataque catastrófico. O longa chega às telonas em 16 de novembro.

 




Comentários